O que é uma exchange?

O que é uma exchange?

O que é uma exchange? também conhecida de corretoras; exchanges são empresas que fazem ponte de negociação para compra e venda de criptomoedas.

Conceito

Podemos entender essencialmente uma Exchange como uma casa de cambio, no caso ela sendo online como é o caso da grande maioria, uma casa de cambio online, simples assim essencialmente.

O que é uma exchange? e o que ela faz?

Basicamente ela serve como um local centralizador cheio de diferentes moedas, podendo haver moedas crypto e fiat* ou apenas crypto.

*Fiat é dinheiro de valor intrínseco estabelecido pela regulamentação de um governo ou lei. No caso as moedas que já conhecemos do mercado, o dinheiro “comum” — Dólar, Real, Euro, Libra entre outros.

Leia também: A morte do capitalismo e algo novo nascendo

Como ela faz?

Aqui chegamos em um ponto mais interessante, as exchanges tem diferentes formas de trabalhar, e podem trabalhar simultaneamente em mais de uma forma, inclusive algumas são tão complexas que chegam a parecer bancos realmente, vamos a elas:

  • Venda direta de Cryptomoeda

    O modelo mais simples para uma exchange é acumular diferentes moedas compradas a baixo custo e vender pela cotação do mercado incidindo sua taxa de serviço em cima. A exchange aceita comumente moedas de países (dólar, euro….), devendo assim ter um sistema de pagamento do mercado online (paypal, payeer, okpay), ou aceitar pagamento por bancos, ou diretamente através da Visa, Mastercard ou outros players já presentes no mercado de moedas tradicionais, além do pagamento de impostos na maioria dos países.

  • Trade de Fiat, Crypto moeda

    “trade” já essencialmente uma lógica diferente, não é a empresa que vende diretamente e sim outros usuários, ela apenas fica no meio como uma intermediaria, aqui você pode comparar ao mercado livre, o qual não tem os produtos, mas ajuda usuários a achar outros usuários e trocarem entre si. O serviço que é feito é exatamente esse aqui, liga usuários que estão vendendo com usuários que estão comprando e cobram comumente uma taxa em cima disso para o ganho de seus lucros.

  • Empréstimo de Fiat e Cryptomoeda

    Algumas adicionam o modelo de emprestar as moedas para usuários, sendo as próprias ou de outros usuários, bem semelhante a um banco aqui, o dinheiro fica em uma especie de poupança, e o usuário deixa ser usado para pessoas que querem as moedas emprestadas, depois eles pagam uma taxa por esse empréstimo, tanto para a exchange quanto para o usuário que a empresta.

  • Conversão de Fiat, Cryptomoedas e Assets

    Aqui adiciona-se apenas a conversão em bens ainda mais tangíveis, podendo converter moedas nacionais ou crypto para assets como Ouro, Prata entre muitos outros. Um modelo mais ligado ao antigo mercado, a um lastro mais sólido e etc, mas assunto para um momento mais avançado.

  • Armazenamento de Fiat e Cryptomoeda

    Isto é algo recorrente entre exchanges, mas importante citar aqui. É comum as exchanges criarem carteiras locais para os usuários para cada uma de suas moedas. Então se uma exchange trabalha com 8 tipos de moeda, um novo usuário acaba ganhando naquela exchange 8 carteiras novas. Mas importante citar aqui, que são carteiras mais inseguras e fora de seu controle, que por exemplo, se a exchange falir, ela leva todo seu dinheiro junto, e isso já aconteceu, assim tal como um banco falir. Por isso a dica aqui é não deixar todo seu dinheiro por muito tempo dentro de exchanges, principalmente as que não tem tanta confiança, elas mesmos muitas vezes indicam a você sacar para uma carteira própria sobre seu controle. O que também permite que você transfira moedas com taxas mais baixas e para locais que só aceitam carteiras próprias, não carteiras de exchanges e isso é assunto mais detalhado para o futuro.

Conheça a Coinext, Exchange mais avançada do Brasil