Todas as guerras tem um porque, e muitos desse porquês geralmente é lucros sobre algum recurso ou até mesmo para aumentar a receita de um determinado pais; pois gera vendas de armamentos, uniformes, munições e muitos outros. Um pais pode também quebrar a receita do pais em conflito para que ele possa oferecer ajuda, o que no caso volta com favores ou muitas outras formas de retribuição ou seja a guerra ela trás coisas ruins, para que coisas boas aconteçam no futuro. 

O ataque americano matou o general iraniano Qassim Suleimani no aeroporto de Bagdá no dia 3 de janeiro de 2020.

O ouro reagiu com valorização de 1,7%. E o Bitcoin registrou ganhos de 2,53% no dia.

Em 8 de janeiro, o Irã atacou duas bases dos EUA no Iraque com mísseis, impulsando o Bitcoin subir acima dos US$ 8.000 e está testando a alta dos US$ 8.500.

O ano 2020 se iniciou com grande conflito geopolítico e instabilidade econômica na escala mundial, podendo fermentar um novo Bull Market para o Bitcoin em busca de proteger o ativo contra riscos e reforçar o consenso entre mais investidores que o Bitcoin é um ativo de proteção em possíveis crises assim como o ouro.
A correlação entre Bitcoin e ouro

O ouro é considerado como um ativo de proteção contra crises e é notável que o Bitcoin possui uma correlação cada vez mais alta com o ouro, aumentando de 0,00584 para 0,09046. (A correlação normalmente varia entre -1 e 1, sendo que -1 indica uma correlação negativa e 1, por sua vez, indica uma correlação positiva)


Fonte: coinmetrics.io

Em maio de 2019, um estudo tinha revelado que o Bitcoin estava se movimentando na mesma direção do ouro.

A movimentação posterior do Bitcoin comprovou esse apontamento.

Ano 2019: Bitcoin impulsado por conflitos geográficos

Em 2019, o Bitcoin já demonstrou seu uso como ativo de proteção. Sendo assim, perante diversos fatores que tornam o cenário internacional cada vez mais instável, tais como a guerra comercial entre os EUA e a China, conflito entre os EUA e Irã, conflito entre a Coréia do Norte e Coréia do Sul e a saída do Reino Unido da União Europeia, o Bitcoin pode copiar a trajetória do ouro, tornando-se cada vez mais procurado como reserva financeira.

A falta de um efetivo avanço positivo para solucionar os conflitos internacionais poderá resultar em uma grande e contínua procura do Bitcoin como reserva de valor, o que vem impulsionando a valorização da moeda desde o início do ano 2019.
Ano 2020: Nova alta impulsada por conflito entre EUA x Irã

Weiss Crypto Ratings considera o Bitcoin como a reserva de valor digital, cujo valor cresce perante a instabilidade do cenário internaciconal.

Entrando no ano novo em menos de 10 dias, o grau de aversão ao risco a nível mundial aumentou significativamente devido à tensão no Oriente Médio.

O Bitcoin registra ganhos de 16% em 2020 e ouro alcançou a maior cotação nos últimos sete anos, US$ 1610.

É possível que o preço do Bitcoin continue a aumentar antes que as tensões no Oriente Médio serem aliviadas.



Conheça a Binary.com, a corretora que negocia com Robôs


FAÇA SEU CADASTRO

 CADASTRO BINARY